Quase dois anos na Dois

Lembro do quão longe era a sede antiga (no Bairro Patronato). Já na entrevista, notei a meiguice da Liana e o clima acolhedor da empresa. As meninas que foram minhas colegas na época me ensinaram muito. Posso dizer que ainda as tomo como exemplo, acompanhando o trabalho e desenvolvimento delas até hoje. A Camila teve muita paciência comigo e me tratou com seriedade necessária para eu poder mudar algumas posturas minhas. Com um perfil completo para uma assessora de imprensa, a Manu escrevia os textos rápido e com qualidade e me inspirou até nas vestimentas de trabalho.

Sede nova. Um espaço maior, central e a promessa de novidades. Começando pela Ingrid, uma estagiária para dividir os textos do Caderno Quarta Colônia comigo. Passei a trabalhar na maior parte do tempo com as mídias sociais dos clientes e fui pegando gosto pelo trabalho pelo qual eu já estudava por vontade própria. Fui também gostando ainda mais da Ingrid, uma menina muito linda, que tem um coração maior do que ela.

Em meio a cafezinhos, conversas animadas e trilha sonora duvidosa da DJ Fernanda, ia concluindo a lista de atividades do dia. No início, foram os cadernos comerciais do Diário de Santa Maria. Foi muito bom ver que se pode fazer publicidade com conteúdo interessante para os públicos. Conteúdo é a palavra fundamental de todo trabalho na Dois. Pude ver de perto e experimentar o trabalho nas outras áreas da comunicação e tudo gira em torno do conteúdo, da informação e o modo como se trabalha com isso.

Reunião-almoço com Liana, Aline, Ingrid, Fran, eu e Camila.

O Caderno Quarta Colônia, veiculado pelo Diário de Santa Maria, foi o meu xodó e onde pude desenvolver o conteúdo de forma plena. Conheci a região mesmo estando longe. Poder colocar o povo de lá nas páginas do jornal era de grande responsabilidade e uma atividade muito prazerosa.  Dediquei muito ao caderno.

Depois do Quarta Colônia, emergi no mundo das mídias sociais. Sempre gostei, estudei e usei muito as mídias sociais. Sempre busquei trazer novidades para a Dois, e, por isso, as mídias sociais passaram a ocupar grande parte do meu dia. Também produzia textos para os blogs e sites dos clientes e para a Dois.

O tempo de trabalho na Dois foi de grande aprendizado. Sinto que estou muito melhor preparada para cair no mercado. Aliás, foi uma experiência dentro do mercado, pois lá os estagiários precisam ter uma postura de profissional formado. Além do que pude melhorar e conhecer do mundo profissional, refleti sobre posturas pessoais e mudei muito na convivência com outros. As dores, os choros, as alegrias, a experiência de vida que cada um dividiu comigo lá, eu vou levar pra sempre comigo.

Não é um adeus, é um até logo. Porque eu sei que na 2, sempre tem espaço para +1.

 

Alguns posts no blog da Dois que destaco:

Primeiro post colaborativo (muito divertido escrever)

Perfil que escrevi sobre o Andrewes

Perfil que a Liana escreveu sobre mim

Anúncios

Uma resposta para “Quase dois anos na Dois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s