10.dignos.MONSTROS

at'mo

Fotografias são segredos. Às vezes, segredos revelados. Mas a maior parte do tempo, eles estão ali, visíveis, e ainda assim você não consegue saber exatamente do que se trata. Um dia, em 1967, a fotógrafa Diane Arbus solicitou a duas irmãs gêmeas, Cathleen e Colleen Wade, que posassem para ela. Arbus havia descoberto uma festa de natal na cidade de Roselle, em Nova Jersey, para gêmeos e trigêmeos. Solicitou às mães que pudesse fazer fotos e conseguiu aquilo que é recorrente no trabalho de fotografia que desenvolveu: tornar pessoas comuns muito estranhas. Isso, quando não estava fotografando o contrário, ou seja, pessoas muito estranhas, mas de uma forma a torná-las absolutamente comuns. Porque é esse o mérito do trabalho de Diane Arbus, juntar essas duas pontas aparentemente separadas. Olhe bem para a foto das gêmeas. Elas parecem comuns. Agora olhe de novo, com um pouco mais de atenção. Alguma coisa…

Ver o post original 640 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s